Quitting smoking

5 benefícios para a pele ao parar de fumar

Os malefícios do cigarro para a saúde já são conhecidos pela população. Contudo, o simples ato de parar de fumar reduz consideravelmente o risco de várias patologias, além de promover muitos benefícios para a pele.

Ainda, em função das diversas toxinas presentes nos produtos derivados do tabaco, o tecido cutâneo de pessoas fumantes é continuamente prejudicado. Neste post, você irá conhecer as consequências que o abandono deste hábito provoca na pele.

1) Ameniza o aspecto das rugas

Um dos prejuízos causados pelo tabagismo é o aparecimento precoce das rugas. Isso ocorre porque, além da contração muscular feita ao tragar o cigarro, esse produto é composto por substâncias que liberam uma grande carga de radicais livres na pele.

Ainda, essas moléculas promovem o envelhecimento das células. Porém, ao parar de fumar, esse efeito negativo é neutralizado e pode até ser revertido, se o paciente realizar tratamentos com colágeno e ácido hialurônico.

2) Reduz o risco de doenças de pele

O tabagismo é um fator de risco conhecido para inúmeras doenças, principalmente para diferentes cânceres. Os fumantes têm até três vezes mais chances de desenvolver o carcinoma de células escamosas, um tipo de câncer de pele.

Além disso, o fumo tem o potencial de facilitar o desenvolvimento de outras doenças, como é o caso da psoríase. Ao consumir cerca de um maço por dia, em um período de 10 anos, há um aumento de 20% nas chances de manifestar essa condição. Contudo, esse percentual cai progressivamente quando o hábito é abandonado.

3) Devolve a flexibilidade à pele

Embora a causa ainda não esteja totalmente esclarecida, a nicotina presente no cigarro e em outros derivados do tabaco promove a contração dos vasos sanguíneos, reduzindo o fluxo sanguíneo e o transporte de oxigênio para os tecidos.

Com isso, as fibras elásticas da pele podem ser lesionadas, afetando a síntese de colágeno. Em consequência disso, a pele tende a se tornar mais rígida e seca. Então, se você quer retomar a aparência e espessura da sua pele, deixar de fumar é o primeiro passo.

4) Envelhecimento das unhas

O cigarro é composto por inúmeras substâncias que agridem o organismo, em especial a pele. Embora a nicotina seja a mais conhecida, outros componentes, como o alcatrão, são tão prejudiciais quanto ela. 

Ainda, uma característica presente nos fumantes ativos é o amarelamento das unhas e das pontas dos dedos. Isso ocorre porque essas duas substâncias ficam impregnadas, provocando um aspecto de envelhecimento.  

Embora essa aparência seja melhorada com o tempo, após parar de fumar, o processo pode ser acelerado com a realização de tratamentos à base de ácido retinoico. 

5) Cabelos mais brilhantes e fortes

Como você já pode perceber, o hábito de fumar causa impactos negativos na pele, nas unhas e também nos cabelos. Isso porque, com a redução do fluxo sanguíneo, não há o aporte necessário de nutrientes no bulbo.

Assim, os fios se tornam mais fracos e perdem o brilho. No entanto, ao parar de fumar e adotar uma alimentação equilibrada, o problema será rapidamente resolvido a partir do crescimento dos novos fios.

Enfim, com a leitura deste post, você conheceu os vários impactos negativos do cigarro na saúde da sua pele. Ao mesmo tempo, descobriu como a simples atitude de parar de fumar pode provocar profundas mudanças na sua aparência.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp