Close up portrait of a beautiful red haired woman applying a transparent serum with hyaluronic acid on her face smiling isolated on white.

Conheça os principais usos do ácido retinoico

A Medicina Estética é uma das áreas que mais evoluiu nos últimos anos, seja pelo surgimento de novos procedimentos ou pela descoberta de novos ativos. O ácido retinoico, por exemplo, se tornou um dos principais compostos utilizados na dermatologia.

Você já ouviu falar nele? Sabe quando é indicado e quais os benefícios que oferece? Caso tenha respondido negativamente, não deixe de ler este post. Nele, explicaremos tudo a respeito do assunto.

O que é o ácido retinóico?

Trata-se de uma substância derivada da vitamina A e que possui propriedades capazes de melhorar a qualidade do colágeno, deixar a pele mais firme, reduzir a oleosidade e acelerar o processo de cicatrização.

Por essas razões, o ácido retinoico é considerado o padrão ouro no rejuvenescimento da pele. Contudo, esse composto é indicado apenas para pessoas que não tenham hipersensibilidade na pele. Caso contrário, pode provocar efeitos colaterais desagradáveis.

Ademais, para obter o máximo de benefícios desse ativo, o ideal é que seja aplicado durante o inverno, em razão do menor índice de radiação solar. Porém, isso não significa que não pode ser utilizado em outras épocas do ano.

Nesses casos, basta adotar alguns cuidados para evitar complicações, como, por exemplo, passar filtro solar e creme hidratante diariamente logo após aplicar o ácido retinoico. Assim, a pele se acostuma facilmente ao produto.

Quando é indicado?

A atual fama do ácido retinoico é explicada pelos benefícios que suas propriedades oferecem para a pele. A principal utilização deste composto é para o tratamento antienvelhecimento, com o objetivo de prevenir ou controlar as rugas, sardas, hiperpigmentação e outras irregularidades na textura da pele.

Além disso, a substância também é considerada uma das melhores alternativas para o tratamento da acne. Isso porque ajuda na eliminação de cravos e espinhas, promove a hiperqueratose, impede o avanço da acne e controla a oleosidade da pele.

Ademais, esse ativo é indicado no tratamento de pápulas e manchas. Ao ser aplicado na pele, o ácido aumenta o fluxo sanguíneo na região, ampliando o aporte de glóbulos brancos e, consequentemente, potencializando a resposta do sistema imune.

Quais os benefícios de usar esse composto?

Além de todos os benefícios já mencionados, o ácido retinoico oferece muitas outras vantagens. A seguir, conheça alguns dos resultados que os tratamentos à base desta substância podem alcançar:

  • amenizar o efeito das estrias: este ativo estimula a renovação celular, podendo ser utilizado para melhorar a aparência de estrias recém-formadas;
  • suavizar as rugas e linhas de expressão: além de ação rejuvenescedora, este tratamento ajuda a controlar os danos causados pela exposição aos raios solares;
  • prevenir a flacidez: a aplicação de cremes com ácido retinoico retarda os efeitos do envelhecimento, como a diminuição da produção de colágeno;
  • controlar a oleosidade da pele: esse ativo atua no controle da produção de sebo, reduzindo a oleosidade da pele, desobstruindo os poros e esfoliando os queratinócitos;
  • promover a uniformidade da pele: quando combinado com ingredientes antioxidantes, esse ácido previne o envelhecimento da pele, deixando-a mais uniforme e jovial;
  • reduzir os poros: esse tratamento estimula a produção das fibras de colágeno, contribuindo para a redução do tamanho dos poros. Além disso, evita o acúmulo de células mortas sobre a pele.

Então, como você pode perceber, a predileção pelo ácido retinoico é facilmente entendida quando observamos os muitos benefícios que oferece. Porém, para que o tratamento alcance o resultado esperado e para que não haja complicações, ele precisa ser realizado por um dermatologista com experiência na sua aplicação.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp